Vítimas de acidente envolvendo caminhão da banda de Léo Santana são enterradas na Bahia


As duas vítimas do acidente envolvendo o caminhão da banda do cantor Léo Santana foram enterradas na manhã desta segunda-feira (8), nos cemitérios Bosque da Paz e Ordem 3ª de São Francisco, em Salvador.

Sob forte comoção, familiares e amigos enterraram o corpo do motorista Luiz Gustavo da Ressurreição, às 11h, no Cemitério Bosque da Paz. Ivonilson de Brito Lima, que seguia como passageiro, foi enterrado no mesmo horário, na Ordem 3ª de São Francisco.

O acidente aconteceu na BR-116, na altura da cidade de Itatim, a cerca de 220 km de Salvador, no sábado (6).

Conforme a nota divulgada pela assessoria do cantor, as vítimas estavam em um caminhão contratado para transportar os equipamentos da banda de Léo Santana. O veículo saiu de salvador, mas o destino não foi informado.

De acordo com a ViaBahia, o acidente aconteceu por volta das 9h, na altura do km 523, quando o caminhão da banda bateu de frente com outro veículo do mesmo porte.

Em vídeo no Instagram, Léo lamentou o acidente e falou sobre a relação com as vítimas.

"É muito 'punk' ter que trabalhar quando se recebe uma notícia ruim, drástica. Um caminhão da minha banda, da minha equipe, com duas pessoas que trabalhavam na equipe da gente acabou batendo de frente com uma carreta. Os dois vieram a falecer. Ter que trabalhar com isso na cabeça é muito forte, é muito punk. Fica meus pêsames para os familiares do Gustavo e do Nabo, que eram moleques que eu gostava demais. Que Deus conforte os corações de vocês", disse o artista.

Léo fez shows na noite de sábado em Fortaleza e em São Gonçalo do Amarante, ambas no Ceará. A agenda do artista segue normalmente.

Fonte: G1/Bahia
Foto: Carlos Quintino / Blog A Voz é Aqui